Samsung anuncia o novo Galaxy S III, com processador quad core, Android 4 e tela HD.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nunca foi feito tanto alvoroço em torno de um smartphone que não fosse o iPhone. Rumores em cima de rumores tentavam moldar o que seria o novo “top de linha da Samsung”, e por um lado isso é bom, mas por outro é ruim, pois o que você acha que vem, não vem. De qualquer forma o hardware do novo S III segue o padrão anos a frente, e traz muitas novidades, embora o design não seja lá essas coisas.

Processador e memória RAM

O que faz do Galaxy S III diferente é o hardware. O Android não é um sistema padronizado, o que deixa meio lerdo as vezes, para resolver o problema as empresas tem que apelar para processadores potentes, memórias robustas e uma bateria que seja capaz de aguentar isso tudo. O novo Galaxy S III conta com o processador Exynos 4 Cortex-A9 quad core de 1,4 GHz e uma memória RAM de 1 GB, ou seja, você pode ficar despreocupado quanto a jogos por um bom tempo.

Memória interna

A memória interna do aparelho também cresceu, agora conta com versões de 16, 32 e 64 GB e ainda permite cartões de memória de até 64  GB. A capacidade influencia bastante no modo como se usa um smartphone, pois vídeos, músicas e fotos podem ocupar um espaço grande, nesse ponto, o cartão de memória é uma bela mão na roda.

Bateria

Quanto a bateria, tudo mostra que ela seja capaz de aguentar bastante tempo, inclusive para usuários mais exigente, com 3G, Wi-Fi sempre ligados. A nova bateria é a mais potente entre todas produzidas pela Samsung para smartphones, com 2100 mAh, mas ainda ficando longe dos insanos 3200 mAh do Razr Maxx da Motorola.

Câmera

A câmera traseira continua com 8 megapixels, o que já é suficiente para realizar cortes na imagem sem deixa-lá com um aspecto granulado, mas algumas importantes melhorias foram aplicadas, deixando a experiência com fotos bem melhor do que no Galaxy S II. C câmera conta uma função que tira 20 fotos seguidas (6 fotos por segundo), depois ele seleciona a melhor dela e descarta todas as outras. Além disso, o tempo de carregamento da câmera diminui bastante, para tirar fotos rápidas, isso é importante.

Tela

A tela de 4,8″ é um painel de Super AMOLED com resolução de 720×1280 (306 PPI) é uma das melhores telas encontradas no mercado. Agora que a Apple aprendeu um pouco com as telas AMOLED, aumentando a saturação da nova Retina Display acredito que seja difícil a Super AMOLED, mesmo sendo incrível ultrapassar a Retina Display, mas mesmo assim, fotos e videos nessa tela se tornam especiais pelas cores vivas e saturação.

Software

Outro smartphone com Android 4.0 está saindo direto da fábrica. Mesmo que com uma personalização nada agradável, o sistema operacional parece ser um divisor de águas entre os Androids atuais e a nova versão. Sem dúvida, o Android 4.0 traz um grande avanço ao smartphone, o deixando mais bonito, e mais rápido, além de poupar memória RAM por ser mais leve. Porém a personalização faz perder um pouco o sentido do Android 4.0, que seria unificar a plataforma.

Falta de criatividade no design?

De novo, o ponto negativo do Galaxy S é o design, dessa vez, para fugir do visual do iPhone a Samsung adotou linhas curvas e suaves, que por teoria teria que ser bonito, mas algo deu errado, parece que está fora de sincronia e sentimos que já vimos isso antes. O botão home ficou totalmente diferente do design, e muito fino, quase sumindo. Poderia ter sumido mesmo.

Anúncios

O que você achou da notícia? Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s