Button vence no Japão, mas Vettel conquista o bi campeonato

O fim de semana foi incrível no mundo da Formula Um, Vettel vez uma pole incrível no sábado e a corrida hoje não deixou a emoção ficar apenas nos treinos.

Vettel sofreu com o desgaste de pneus e viu a vitória da corrida escapar, mas nada que impedisse a festa de Vettel, mesmo com a Vitória de Jeson Button e o segundo lugar de Fernando Alonso, Vettel se consagrou o mais jovem bi campeão de Fórmula um.

A festa não foi uma surpresa, o título já era mesmo dele e somente Button poderia impedir o título do alemão, mas nem mesmo Button acreditava que ele pudesse vencer todas as últimas cinco corrida e Vettel não pontuar em nenhuma, essa era a única combinação para tirar o título das mãos de Vettel.

Button deu um show de pilotagem em Suzuca, dirigindo com seu modo conservador, Button conseguiu desgastar menos os pneus, vencendo pela primeira vez na Mclaren em pista seca. Button conseguiu abrir uma pequena vantagem  de 8 pontos no campeonato chegando aos 210 pontos esse ano.

Apenas continua a disputa pelo segundo lugar, que é a única que pode trazer emoções as corridas, Button, Alonso, Hamilton e Mark Webber lutam pelo título de vice esse ano. Quanto ao campeonato de construtores (campeonato das equipes) a briga continua em aberto.

Entre os brasileiros, Massa foi o melhor colocado, chegando na 7ª posição, após mais um incidente com Lewis Hamilton, o brasileiro ficou muito irritado com as atitudes de Hamilton nas últimas provas.

Bruno Senna que largou na 9ª posição teve problemas na largada e ficou longe da zona de pontos no Japão chegando apenas em 16º lugar, Rubens Barrichello ficou logo atrás de Bruno na 17ª posição.

Veja a classificação final do GP do Japão

1 – Jenson Button (McLaren-Mercedes)
2 – Fernando Alonso (Ferrari) – a 1s160
3 – Sebastian Vettel (RBR-Renault) – a 2s006
4 – Mark Webber (RBR-Renault) – a 8s071
5 – Lewis Hamilton (McLaren-Mercedes) – a 24s268
6 – Michael Schumacher (Mercedes) – a 27s120
7 – Felipe Massa (Ferrari) – a 28s240
8 – Sergio Pérez (Sauber-Ferrari) – a 39s377
9 – Vitaly Petrov (Renault-Lotus) – a 42s607
10 – Nico Rosberg (Mercedes) – a 44s322
11 – Adrian Sutil (Force India-Mercedes) – a 54s447
12 – Paul di Resta (Force India-Mercedes) – a 1m02s326
13 – Kamui Kobayashi (Sauber-Ferrari) – a 1m03s705
14 – Jaime Alguersuari (STR-Ferrari) – a 1m04s194
15 – Pastor Maldonado (Williams-Cosworth) – a 1m06s623
16 – Bruno Senna (Renault-Lotus) – a 1m12s628
17 – Rubens Barrichello (Williams-Cosworth) – a 1m14s191
18 – Heikki Kovalainen (Lotus-Renault) – a 1m27s824
19 – Jarno Trulli (Lotus-Renault) – a 1m36s140
20 – Timo Glock (MVR-Cosworth) – a 2 voltas
21 – Jerome D’Ambrosio (MVR-Cosworth) – a 2 voltas
22 – Daniel Ricciardo (Hispania-Cosworth) – a 2 voltas
23 – Vitantonio Liuzzi (Hispania-Cosworth) – a 2 voltas

Não completou:
Sebastien Buemi (Ferrari)

Melhor volta: Jenson Button (McLaren-Mercedes) – 1m36s568, na 52ª

Anúncios

O que você achou da notícia? Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s