Bolsa na europa operam instáveis, no Brasil e EUA estão em alta

Ontem, quando a bolsa de São Paulo chegou a cair quase 10%, registrando o menor patamar de fechamento desde 30 de abril de 2009, parece que se recuperou e opera em alta nesta terça-feira (9). Você pode assistir o video no nosso canal no YouTube: http://www.youtube.com/watch?v=9bK7_D4BFBI

Por volta das 11h30, o Ibovespa subia cerca de 3,73% aos 50.484 pontos. A principal expectativa dos investidores nesta terça é com a reunião do Federal Reserve sobre política monetária. No comunicado a ser divulgado às 15h15, o mercado busca sinais de novas políticas de estímulo à economia dos Estados Unidos.

O mercado americano abriu o dia em alta, em Wall Street as operações abriram com valorização, depois de poucos minutos após o início dos negócios o Dow Jones já subia 1,19% para 10.938 pontos. O S&P 500 registrava valorização de 1,23% aos 1.133 pontos. O Nasdaq, bolsa que reuni empresas de tecnologia dos EUA subia 1,46%,marcando 2.392 pontos.

Na Europa, as bolsas operam com instabilidade, oscilando entre altas e baixas.

Perto das 10h35 (horário de Brasília), o índice FTSEurofirst 300, que mede as principais ações europeias, registrava queda de 0,21%, depois de registrar leve queda no começo da manhã.

No mesmo horário, o índice FTSE 100, da Bolsa de Valores de Londres (Inglaterra), que chegou a cair cerca de 5%, chegou a ter leve queda e subia 0,18%.

O índice CAC 40, de Paris (França), subia 0,34%, aos 3,135.70 pontos. O Ibex 35, de Madri, caía 1,61%. A bolsa de Milão subia 0,31%.

O índice Dax, de Frankfurt (Alemanha), contudo, ainda registrava queda. No mesmo horário, o recuo era de quase 2%.

“Parece que o mercado está extremamente exagerado do lado descendente. Um monte de venda forçada estava acontecendo na parte da manhã, o que pressionou de forma exagerada as quedas”, disse Manoj Ladwa, analista da ETX Capital.

Na Ásia, os principais mercados voltaram a fechar em baixa. Após jornadas frenéticas e ainda atemorizadas pelo rebaixamento da nota de crédito dos Estados Unidos, as principais bolsas de valores da Ásia reduziram os prejuízos, mas ainda registraram perdas nesta terça-feira (9).

O índice Nikkei da Bolsa de Valores de Tóquio, no Japão, que chegou a registrar perdas superiores a 4%, encerrou o dia em baixa de 1,68%. O indicador Topix, que agrupa os valores da primeira sessão, fechou com perdas de 1,59%.

A Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, terminou o pregão em queda de 3,6%. Mas ao longo do dia, o prejuízo chegou a ser muito maior e atingiu queda de 10%.

A Bolsa de Valores de Hong Kong foi a que registrou o pior desempenho, pois encerrou em queda de 5,66%.

Anúncios

O que você achou da notícia? Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s