Depois de um mês preso, jornalista da BBC e solto no Tajiquistão

Urunboy Usmonov repórter da BBC foi liberado após ficar um mês detido no Tajiquistão. A liberdade foi concedida apenas depois do pagamento da fiança de valor não informado.

O procurador-geral do país disse que o jornalista pode vir a ser acusado por envolvimento com um grupo islâmico banido do país Hizb ut-Tahrir. A BBC disse em nota que as acusações não possuem fundamento.

Usmonov admitiu ter se encontrado com membros do Hizb ut-Tahrir quando fazia reportagens sobre a atuação do grupo na Ásia Central.

A BBC defendeu o direito do profissional de entrevistar pessoas de diferentes grupos políticos e religiosos, e de manter suas fontes sob sigilo.

Alguns grupos diziam que a prisão do jornalista aconteceu pelo fato da reportagem que ele fazia mostar sensibilidades políticas e religiosas do país.

Depois de preso dois jornalistas foram intrevistar Urunboy Usmonov, a reportagem reforçava as acusações de Urunboy Usmonov.

A BBC condenou o artigo que considerou uma séria violação da presunção de inocência do repórter.

Anúncios

O que você achou da notícia? Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s